Ir para a primeira pagina
Pagina de Pesquisas. Buscador interno
Adicione aos favoritos
Envie-nos um e-mail
Filarmonica, Abiul, Albergaria, Doze, Almagreira, Carnide, Carriço, Guia, Ilha, Louriçal, Mata, Mourisca, Meirinhas, Pelariga, Pombal, Redinha, São, Simão, Lítem, Santiago, Vermoil,  Vila, Cã, Rancho, bandas, ranchos, Filarmonica, filarmonicas, Associação, associações, Teatro, Folclore, folk, Musica, Dança, Bailes, Festas, festa, Arraiais, arraial, Populares, popular, Junta, Programa, contactos, contacto, grupo, folclorico, etnografico, fernando, graça, recreativo, artistico, sociedade, empresas
Webservice | Webmarketing |  webdesign - Fernando Graça - Abelhamedia.com
Churrasqueiras, Fornos, Fabricante de Churrasqueiras
Musica Popular Portuguesa
Jornal Expressão Louriçal
 
Associações da Freguesia do Louriçal
 
Sede Concelho até Outubro 1855 - 48,04 km² de área - 5 095 habitantes (2001)
 
 
Agrupamento 1244 do Corpo Nacional de Escutas- Louriçal
Associação Castelhanas Desportivas
Associação Cultural Desportiva Recreativa de Casal da Rola
Associação Cultural Desportiva e Rec. Ligeirinhas dos Antões
Associação Cultural Desportiva e Rec. de Torneira e Serreão
Associação Cultural Recr. e Desportiva do Louriçal
Associação Desportiva Rec. e Cultural da Moita do Boi
Associação Melhoramentos Antões
Casa do Povo do Louriçal
Centro Cultural Desportivo e Recr. de Matas e Cipreste
Centro Cultural Desportivo e Recreativo dos Foitos
Centro Recreativo e Cultural do Valarinho
Centro Recreativo Folclórico Artístico de Antões
Comissão da Capela do Casal do Queijo
Clube Caçadores Louriçal
Fabrica da Igreja Paroquial da Freguesia do Louriçal
Filarmónica Louriçalense
Grupo Cavaquinhos do Louriçal
Grupo de Gaiteiros do Outeiro do Louriçal
Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de Cavadas
Grupo Desportivo Cultural e Recr. de Outeiro do Louriçal
Rancho Folclórico e Etnográfico do Louriçal
Rancho do Casal da Rola
Santa Casa da Misericórdia do Louriçal
Casa do Pessoal Instituto João V
 
Desde a sua fundação, tem sido preocupação do Rancho preservar as tradições culturais etnografias originais da região, promover a pesquisa e recolha de músicas, danças, cantares e costumes que antigamente se praticavam no Louriçal e que com o passar dos tempos se iam perdendo. Rancho Folclórico e Artistico de Antões Gaiteiros do Outeiro Filarmónica Louriçalense
       
Associação Cultural Recreativa e Desportiva do Louriçal
Fundada em 19 de Março de 1957
Tem-se destacado pela rganização de torneios de xadrez, damas, jogo do burro, chinquilho, atletismo, ténis de mesa, ginástica, karaté, futebol de salão, futebol de 7, futebol de 11 e futsal.

 

A Associação Cultural Recreativa e Desportiva do Louriçal (ACRDL) teve por fundador entre outras pessoas, o grande dinamizador e entusiasta Dr. Maia Seco, no ano de 1954.
A primeira direcção da ACRDL foi constituída pelo Dr. Maia Seco, António da Silva Matos, José Lopes Simões Cantante e a sua primeira sede localizava-se no 1º andar do edifício situado no actual n.º 9 no Largo D. Luís de Menezes (antigo largo do mercado do peixe e "feira dos seis" de cada mês).
Um dos objectivos da ACRDL entre outras actividades, era o de, proporcionar um salutar convívio entre os seus associados e o de organizar as festas anuais do Louriçal que tinham lugar no fim-de-semana seguinte ao 14 e 15 de Agosto, dia das festas religiosas de Nª Senhora da Boa Morte.
De salientar que, na altura da sua fundação, a sede social da ACRDL, só era frequentada pelos sócios ou familiares desde que acompanhados por estes. Aos domingos a tarde a direcção da ACRDL abria uma excepção a esta norma e autorizava que qualquer pessoa pudesse assistir ao programa de variedades que a RTP transmitia nas suas emissões da tarde o que constituía uma novidade por ser seguramente o único aparelho de televisão existente, na altura, no Louriçal. Posteriormente apareceram outros aparelhos de TV nomeadamente no café da praça, salão paroquial, etc.
Com o crescente interesse pelas actividades e convívios que a ACRDL ia desenvolvendo, manifestada no seu já elevado número de sócios, foi decidido, depois de algumas negociações, construir o actual edifício sede da ACRDL, para onde foi transferido, em Dezembro de 1974, a sua estrutura directiva e património entretanto adquirido.
Desde a sua fundação até a actualidade muitas actividades passaram pela ACRDL, desde as Damas ao Xadrez, passando pelo jogo do Burro, Chinquilho, Futebol de Onze e também de Salão, Atletismo, Ténis de Mesa, Karaté ou mesmo Ginástica de Manutenção, tudo passou pela ACRDL. Viria a ser, no entanto, o Futsal que maior entusiasmo criou nos seus praticantes. Deste grupo de atletas nasceu o conjunto que durante alguns anos disputou o campeonato nacional da 1ª divisão da modalidade. Posteriormente a mesma equipa, ao serviço do Instituto D. João V veio a ganhar a Taça de Portugal.
No longo historial da ACRDL devemos destacar: Equipa de Atletismo (década de 80). Equipa de Futsal sénior que militou na 1ª divisão nacional. 1ª Equipa de Futsal juvenil que na época 1995/1996 disputou o campeonato distrital de Coimbra, tendo conquistado o 5º lugar. Equipa de Futsal juniores masculinos, campeões nacionais na época de 1996/1997, vice – campeões nas épocas 1997/1998 e 1998/1999. Equipa de Futsal juniores femininos, campeões distritais 2002/2003 e vencedores da taça distrital em 2001/2002 e 2002/2003.
Actualmente na ACRDL praticam-se as seguintes actividades e modalidades: 19 de Março, festa de aniversário. Torneios de Sueca. A 25 de Abril jogo de futebol solteiros/casados. Torneio de verão de futebol de 5. Ténis de mesa. Karaté.
FUTSAL: Escolinhas de formação. Infantis mistos. Iniciados masculinos. Juniores femininos. Seniores femininos. Seniores masculinos.

2005/2005 época da subida para Divisão de Honra (seniores masculinos)

Fonte

 
 
Santa Casa da Misericórdia do Louriçal
A Santa Casa do Misericórdia do Louriçal, possui três valências em funcionamento, sendo estas, o Lar de Idosos, o Centro de Dia e o Apoio Domiciliário.
O Lar de Idosos e o Centro de Dia tiveram o seu início em Fevereiro de 1998, tendo o edifício sido inaugurado a 9 de Setembro de 1999.
O Apoio Domiciliário iniciou funções anteriormente, em 1996.Relativamente ao número de utentes por valências, os mesmos distribuem-se entre:
- 34 no Lar de Idosos;
- 20 em Centro de Dia;
- 42 em Apoio Domiciliário. Actualmente, para um universo de cerca de 96 utentes, a Santa Casa integra nos seus quadros 23 funcionárias.
Horário de visitas: Segundo a Sábado (15h as 18h) Domingo (10h - 12h e 15h - 18h30)
Quanto a área de intervenção, a Santa Casa da Misericórdia dá apoio prioritariamente a Freguesia do Louriçal, podendo atender algumas situações das freguesias limítrofes, de acordo com as necessidades e a ausência de resposta de determinada valência.


(dados de 2004)
 
 
 
Grupo de Cavaquinhos do Louriçal
Contactos do Grupo: Luis-964 626 510 / 233 413 621 | Rui-236961239
O gosto da população pela música e pelo canto, deu origem a que fosse criado no seio do clube de música do Instituto D. João V, no ano de 1994, o Grupo de Cavaquinhos do Louriçal.
Cerca de doze pessoas, entre alunos, professores, funcionários e membros da comunidade deram animação ao projecto.
Depois de ultrapassado o percurso inicial, ao agrupamento aderiram novos elementos de diferentes idades e de ambos os sexos.
Presentemente, cerca de trinta pessoas dão cumprimento às características iniciais e mantêm bem vivas as tradições musicais.
Com o propósito de recuperar e preservar a identidade cultural e ainda numa perspectiva de renovação e continuação, conta actualmente o grupo com uma escola de música onde os alunos aprendem a desenvolver a execução do instrumento.
A música é tocada consoante a mensagem que se pretende transmitir, neste caso a interpretação de temas populares definem as tradições locais, e ao Prof. Luis Miranda cabe a árdua tarefa de organizar e ensaiar o Grupo a fazer eco da linguagem dos sons ligados à terra.

"Em palco, o Grupo de Cavaquinhos de Louriçal, apresenta normalmente 25 músicos executando quase todos o cavaquinho. Para além deste instrumento, usa viola, alguma percussão e vozes. Assim, tem sido preocupação manter o som puro do cavaquinho, jogando com as suas diversas possibilidades melódicas, harmónicas e rítmicas.
Paralelamente, tem-se procurado realizar experiências musicais interessantes, elaborando arranjos próprios de temas de autores diversos e mesmo da música erudita ".
No ano das comemorações do seu sétimo aniversario, os Cavaquinhos em conjunto com o Rancho Folclórico e Etnográfico do Louriçal deslocaram-se a Suiça numa viagem apadrinhada por emigrantes Portugueses a residir naquele Pais Helvético, Câmara Municipal de Pombal e Junta de Freguesia do Louriçal.
Este agrupamento musical teve assim oportunidade de mostrar e divulgar o seu vasto programa em diversas localidades daquele Pais, merecendo especial referencia o concerto promovido na cidade de Genebra.
Presentemente, para dar continuidade ao processo já enraizado de aproximação de culturas e povos, o Grupo tem agendada para este ano (2005) uma deslocação ao Luxemburgo.

Fonte

CD gravado em 2004
com 13 temas de musica tradicional portuguesa , entre os quais está o tema:


São Gonçalo

(clique para ouvir)

 
Agrupamento 1244 do CNE - Louriçal
Filiação em 02 de Maio de 2004
"Concretizou-se um importante passo na curta história da vida deste Agrupamento, que começou a trilhar os primeiros passos há 10 anos, hoje com cerca de 90 escuteiros inscritos na Junta Regional, o Agrupamento do Louriçal é já uma instituição com relevo nos jovens desta Vila.

O agrupamento orgulha-se hoje de contribuir para a formação integral das crianças e jovens, procurando incutir neles os verdadeiros valores humanos e cristãos. Primam os seus dirigentes pela formação da liderança, a promoção de valores com carácter e a preparar os jovens para a cidadania, lacunas que encontramos hoje no sistema educativo Português..."

Leia tudo

Edificio da Sede do Agrupamento
 
Associação Desportiva Recreativa e Cultural da Moita do Boi
Fundada em 28 de julho de 1977
APSDRC MOITA DO BOI
Rua Principal, 53
Moita do Boi
3105-167 Louriçal

Tel:236 962 469
E-mail: apsdrcmb@sapo.pt


A Associação Desportiva Recreativa e Cultural de Moita do Boi teve a sua origem no início da década de setenta, embora só tenha sido legalmente constituida em associação a 28 de julho de 1977. A existência da associação sempre esteve muito ligada à vertente desportiva, já que esta foi a evolução natural de um grupo de jovens com o nome de "Os Corsários", que se dedicava maioritáriamente ao desporto, através da participação em torneios de futebol de ocasião, e também ao atlétismo, modalidade que chegou a ter um peso considerável na estrutura. Ainda hoje é possivel encontrar na sede da associação algumas dezenas de taças conquistadas no atletismo. No entanto, e apesar destes sucessos, a modalidade foi abandonada. A partir daí a associação dedicou-se, em termos desportivos, quase exclusivamente ao futebol federado, modalidade que acompanha a associação desde a sua criação (1977). Contou também com uma actividade de ginástica de manutenção para senhoras.Ainda no campo desportivo e no âmbito das louriçaliadas (competição organizada pela Junta de Freguesia de louriçal) participou em diversas modalidades.No campo recreativo a história da associação é também rica. Entre todas as actividades desenvolvidas neste domínio há a salientar as festas de passagem de ano e de aniversário, esta ultima com algumas irregularidades quer em termos de data de realização quer mesmo na própria realização em si. Os bailes organizados pela colectividade tiveram o seu lugar de mérito durante a década de 80, tendo gradualmente deixado de se realizar devido à fraca adesão.
Para tornear este problema foram criadas outras actividades: Torneio de Sueca (anualmente), Festejos do S. Martinho, castanhada (anualmente), Rallye Paper (realizado apenas em 1996), jogos tradicionais (realizados em alguns aniversários).
A cultura é sem dúvida o calcanhar de Aquiles desta associação. Nunca foi uma prioridade de nenhuma das direcções o incentivo à cultura. Excecção a esta regra fazem os Serões Culturais, actividade desenvolvida pela Junta de Freguesia do Louriçal que envolve todas as colectividades da freguesia, e onde a associação tem participado assiduamente.
No campo das infraestruturas, a associação está bem dotada, embora não tenha sido sempre assim. Conta com uma sede espaçosa que vem sendo construida progressivamente desde há 15 anos. Esta sede, de dois pisos conta, no piso superior, com um bar acompanhado por duas salas de jogos e esplanada, sanitários e arrecadação. No piso inferior situa-se o salão, espaçoso e bem equipado, bilheteiras, cozinha, sala-refeitório, sala da direcção e respectivos sanitários. Num nível mais inferior situa-se ainda a lavandaria.
No campo desportivo, possui um campo de jogos vedado e iluminado, com bilheteiras, bar e balneários.
Possui também uma carrinha para auxilio nas actividades desenvolvidas pela colectividade.

Actualmente esta Associação participas com vários escalões nos campeonatos distritais de futebol federado.
Tem a funcionar na sua sede um ATL e pre-primirária.

A Associação da Moita do Boi acolhe cerca de 75 crianças, distribuídas por 3 valências, Creche (0 aos 3 Anos) - Componente de Apoio à Família na vertente de Educação Pré-Escolar (3 aos 6 anos) e Centro de Actividades de tempos Livres (6 aos 16 anos), número que sobe para as 110 no campo de férias organizado anualmente durante o mês de Julho. O facto de a colectividade ter alargado a sua actividade ao apoio social, obrigou a algumas alterações na sua organização e exemplo disso é o facto de contar já com 9 funcionários no seu quadro de pessoal.
No campo recreativo o historial da associação é também rico. Entre todas as actividades desenvolvidas neste domínio há a salientar as festas de passagem de ano e de aniversário, uma tradição com mais de três décadas de existência e que é há largos anos uma referência na região.
Em termos de infra-estruturas, a associação está bem dotada. Conta com uma sede espaçosa que vem sendo construída progressivamente desde há cerca de 25 anos. Esta sede, de dois pisos conta, no piso superior, com um bar acompanhado por duas salas de jogos e esplanada, sanitários e arrecadação. No piso inferior situa-se o salão de festas, espaçoso e bem equipado, bilheteiras, cozinha devidamente apetrechada onde é preparada diariamente alimentação para as crianças, duas salas de apoio à acção social, nomeadamente a Creche, onde se encontram cerca de 17 crianças, sala da direcção e respectivos sanitários. Num nível mais inferior situa-se ainda a lavandaria.
Ainda relativamente às infra estruturas, a Associação é proprietária do Campo da Guarita, infra-estrutura que conta com balneários, bar, bilheteira e campo de jogos com drenagem e uma área de cerca de 7 500 m2.
A colectividade possui ainda uma carrinha de nove lugares para auxílio nas várias actividades desenvolvidas pela colectividade.

Actualmente, a Associação tem um projecto em apreciação no âmbito do Programa de Alargamento em Respostas e Equipamentos Sociais (PARES) no Instituto de Segurança Social, projecto que permitirá alargar a capacidade de acolhimento em Creche para 33 crianças.
 
 
Associação Cultural Desportiva e Recreativa Ligeirinhas dos Antões
Fundado a 17 de Outubro de 1977
Presidente: Mário Silva Fernandes
914078955


Veja um vídeo da actuação na Guia a 18 junho 06

No mês de Outubro de 1977 foi criado o Rancho Folclórico das Ligeirinhas de Antões que tem sabido proporcionar actuações de grande qualidade e dignidade.
As suas danças, os seus cantares e os seus trajes são uma cópia o mais fiel possível dos nossos antepassados, do que usava nos afins do século XIX e princípios do século XX.
É sócio efectivo da Federação de Folclore Português desde 1995.
É sócio fundador da Associação Folclórica da Região de Leiria-Alta Estremadura.
Tem vindo a participar em Festivais Nacionais, Internacionais e romarias de Norte a Sul do País e o Litoral á Serra.
Tendo participado em vários Festivais Internacionais em Espanha.
Foi um dos Ranchos convidados pela Rádio Renascença a participar nos Festejos dos 300 anos da inauguração da Feira dos 29 de cada mês em Monte Redondo-Leiria.
Foi dos Primeiros ranchos a participar no Festival Nacional de Folclore organizado pelo Programa Diário Rual da Rádio Comercial que teve o seu início em Tomar.
Organiza o seu Festival de Folclore no 2º Domingo de Julho de cada ano.
Edita o seu livro de recolhas de usos e costumes da Região em 2002 com título Recolha Do Rancho Folclórico "As Ligeirinhas De Antões"
Quando completo é constituído por 45 elementos.
Mantendo-se ainda vivo á custa de "meia dúzia de carolas".

Tipo de Traje: Noivos Remediados; Fatos Domingueiros Ricos; Fatos Domingueiros Pobres; Fatos de Trabalho: (ceifeira; cegador; pisador de uvas; bacelador; resineiro; mulher de eira; malhador; almocreve; mulher que leva ao bacelador; mulher que leva almoço ao marido do campo), mulher de ver-a.-deus, etc.

Danças e Cantares: viras, verde-gaio, fadinho, ceifeirinha, machadinha, farrapeira, Ai! Ai! Ai! Bailarico, lindas donzelas, puladinha, ladrão de moças, Tum Tum, Da-lho Da-lho, Fui ao Baile aos Antões, etc.

Composição da Tocata: Acordeões, Viola, Cavaquinho, Ferrinhos, Reco-Reco, Cântaro e Tabuinhas

Presidente: Mário da Silva Fernandes
Tesoureiro: António Jesus Marques
Secretário: José Maria Ferreira da Silva
Vice-Presidente: Maria Júlia Jesus Leal Fernandes
1.º Vogal: Natália Sofia Leal Marques
2.º Vogal: Silvino Manuel Fernandes Ramos
Presidente da Assembleia: Maria do Céu Silva Marques Joaquim
1.º Secretário: Maria Aida Marques Neves
2.º Secretário: Carla Sofia Marques Sintra
Presidente do Conselho Fiscal: Sérgio Mota Francisco (falecido)
1.º Vogal: Manuel Silva Mota (falecido)
2.º Vogal: Hélder António Leal Fernandes


Ligeirinhas de Antões
Breve Historial (outro relato)

Fundado a 17 de Outubro de 1977, o Rancho Folclórico “As Ligeirinhas” de Antões é uma viva representação das tradições do final do século XIX e princípios do século XX, quer através dos trajes como dos cantares. É sócio efectivo da Federação de Folclore Português desde 1995. Ao longo de 28 anos tem representado o Concelho de Pombal em diversas regiões do país. Conta também com diversas participações em Festivais Internacionais. Em 2002 editou o livro Recolha do Rancho Folclórico “As Ligeirinhas de Antões”.
Organiza anualmente o seu festival de folclore no segundo Domingo do mês de Julho.


Cecília Cardoso in "o Eco" (Edição 14/07/2005)

 
 
Centro Cultural Desportivo e Recreativo de Matas e Cipreste
Desde 1 de Julho de 1975

"MATAS E CIPRESTE são duas povoações vizinhas, distintas mas com muitos pontos em comum. o seu interior é atravessado por uma estrada que divide os Distritos de Coimbra e Leiria e consequentemente os Concelhos de Figueira da Foz e de Pombal e as Freguesias de Marinha das Ondas e Louriçal. Apesar de tantas divisões não existe qualquer tipo de rivalidade entre ambas, por vezes funcionando como se de uma única povoação se tratasse. "
Foi com este sentido de união e também com o espírita de partilha de trabalhos e êxitos, de molde a melhor servirem o Desporto e a sua Região que no dia 1 de Julho de 1976 nasceu o Centro Cultural Desportivo e Recreativo de Matas e Cipreste.

Fonte

 
Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de Cavadas
Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de Cavadas
A narrativa histórica desta Colectividade diz-nos que a mesma tem como data de fundação o ano de 1957.
Na década de 70 do século XX surge o embrião do Grupo Desportivo Cultural e Recreativo das Cavadas com a eleição dos primeiros corpos sociais. Ainda sem estatutos as reuniões e as actividades decorriam nas velhas instalações da Liga de Melhoramentos das Cavadas.
Como em qualquer outra colectividade e como consequência lógica, o nome do primeiro presidente da direcção fica sempre para a história. Neste caso; Abílio Cordeiro Oliveira, tendo sido seguido na presidência respectivamente por: José Mendes Rato, José Augusto Coutinho Oliveira, Adelino Oliveira, José Carvalho, Gilberto Cajão, Jorge Gomes e Manuel Oliveira.
O teatro e o folclore protagonizado por crianças da aldeia foram algumas das actividades culturais que muito dignificaram esta Associação.
 

O folclore e o teatro infantil sempre foram os pratos fortes desta colectividade, exemplo disso foi a criação do Rancho Folclórico e o Grupo de teatro local. Porém apenas o ultimo subsiste até hoje, organizando todos os anos um festival de teatro.
Mais recentemente, esta colectividade já conta com um campo de futebol 7, o qual é utilizado pela mesma para a organização de torneios a nível local e regional, bem como para convívio popular.

No caso do Teatro há a realçar que o grupo é composto por cerca de 20 pessoas.
Em 2007 leva a cena uma mini-revista om duração de 30 minutos com o título de "REGRESSO".

 
Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de Outeiro do Louriçal
Tel. 236 962 188
Fundado a 14 de Abril de 1987, esta colectividade conta com cerca de duas centenas de associados e tem como objectivo principal a dinamização e divulgação da localidade, através da realização dos mais diversos eventos: torneios de sueca, snooker, futebol de cinco, ténis de mesa, chinquilho e matraquilhos.
Como curiosidade podemos acrescentar que o G.D.C.R. do Outeiro do Louriçal possui um jogo de matraquilhos com capacidade para seis jogadores em simultâneo.
A parte que toca a cultura e preenchida por um grupo de jovens artistas do Lugar que se dedicam a dança e a interpretação de musicais contemporâneos.
A qualidade da expressividade colocada nos movimentos coreográficos desenvolvidos pelas figuras que compõem o grupo, levaram este a ser convidado a participar em programas televisivos.
Bailes e festas promovidas ao longo do ano, completam o calendário de actividades desta Colectividade.
2º Concentração / Passeio de Carros Antigos
Outeiro do Louriçal - 28 maio 2006


Programa

09:00h - Inscrições
09:30h - Pequeno almoço
09:45h - Inicio do Passeio
Outeiro - Louriçal - Moita do Boi - Antões - Outeiro Martinho - Guia - Pedrogueira - Mata Mourisca)
10:30h - Recepção pelo Sr. Presidente da Junta da Freguesia da Mata Mourisca
(Mata Mourisca
- Ilha)
11:10h -
Recepção pelo Sr. Presidente da Junta da Ilha
(Ilha - visita ao Parque de Lazer - Guia)
11:10h - Recepção pelo Sr. Presidente da Junta da Guia
13:00h - Almoço n' O Adro
14:30h - Reinicio do Percurso.

(Guia - Marinha da Guia - Carriço - Outeiro do Louriçal - Foitos - Louriçal - Casais do Porto - Louriçal)
15:00h - Recepção pelo Sr. Presidente da Junta do Louriçal
(visita ao Convento e Centro Historico do Louriçal)
16:30h - Saida do Louriçal
(Louriçal - Cavadas - Torneira - Cipreste - Matas)
17:15h
- Final do Passeio com Lanche servido na " Quinta dos Cozinheiros" - Matas

Preço por pessoa - 20€
(inclui Pequeno almoço, almoço e lanche, bem com a distribuição de brindes e recordações de participação)
Crianças c/ mais de 10 ano - 10€
(os preços apresentados dizem respeito a pré - inscrições efectuadas ate 20 Maio 06)
Contactos: 917204414 / 236961275

 
Centro Recreativo e Cultural do Valarinho

Associação fundada em 29 de Dezembro de 1997
Presidente: José Manuel Marques - Tel: 917 595 009

Associação Valarinho Louriçal Pombal
 
Sede inaugurada em 11 Setembro de 2005
A fundação desta colectividade teve como objectivo a construção de uma sede e com ela promover a cultura, o desporto e o convívio entre as pessoas.
Foi com este espírito de bairrismo e coragem que um grupo de pessoas liderado por, José Manuel Marques, se uniu e criaram a colectividade, adquiriram um terreno e mandaram elaborar um projecto.
A 09 de Agosto de 1998 realizamos a festa do lançamento da 1º Pedra.
A obra foi lançada e com o apoio do povo do lugar, da Câmara Municipal de Pombal, da Junta De Freguesia do Louriçal, Empresas e pessoas particulares a obra foi crescendo.
Organizamos festas, cortejos de oferendas, torneios de sueca e passagens de ano.
Ao longo destes anos participamos também em diversas actividades a convite das colectividades da freguesia, formando assim o intercâmbio da cultura, do desporto e recreio entre as mesmas, sendo esta a razão de existência das colectividades.
Passados sete anos eis que chegou o grande dia, que ficará na memória de todos os que estiveram presentes, especialmente o povo do Valarinho.
Dia 11 de Setembro de 2005 o Centro Recreativo e Cultural do Valarinho inaugurou a sua sede.
Foi uma festa que a Direcção preparou com todo o carinho, convidou as entidades oficiais do Conselho e Distrito, Instituições, Empresas, pessoas da região e as diversas colectividades da Freguesia, que participaram numa tarde cultural perante uma plateia de várias centenas de pessoas, no final foi oferecido um lanche para todos.
A direcção é constituída por: José Manuel Marques, Albino Marques, Romão Ereira, Lino Ferreira, Juvelino Ferreira, José Dias, Carlos Dias, José Manuel Dias, Sílvio Marques, Márcio Marques, Igor Silva e Paulo Luís.
Hoje temos a consciência do dever cumprido, criamos as condições ideais para que as pessoas deste lugar e lugares vizinhos possam usufruir de um espaço de convívio para todos podendo desfrutar de um bar condigno e um salão de festas com capacidade para organizar grandes eventos podendo ali participar vários tipos de desporto consoante o equipamento que dispomos
Depois da inauguração já realizamos o 7º Torneio de Suéca, omde participaram 33 equipas; a festa de Passagem de Ano, Concerto de Ano Novo com a Filarmónica Louriçalense; diversos Bailes e estamos a preparar-nos para participar nas Louriçaliadas.
Com a abertura de inscrições de sócios, que está a decorrer, esperamos boa aderência por parte das pessoas.
No futuro pretendemos apoiar os jovens em todas as actividades que seja possível participar, apostando no Teatro e na Música tendo em conta que temos vários jovens músicos no lugar.

....
Festa Associação Valarinho
 
Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Torneira e Serreão
233959655
Fundada em 3 de Março de 1982
Presidente da Direcção : José Santos - 965348911
http://acdrts.blogspot.com

A Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Torneira e Serrião, foi fundada no dia 3 de Março de 1982.
A missão de fomentar a cultura e implementar o desenvolvimento do desporto na região faz parte dos objectivos estatutários desta colectividade.
No domínio das artes e da musica contam-se intercâmbios, actividades relacionadas com o teatro, o Grupo de Musica Popular Portuguesa "4 Ventos" e uma pequena biblioteca.
No campo desportivo esta Associação permite a prática do atletismo a 42 atletas de vários escalões, sob a orientação de um técnico devidamente credenciado para o efeito.
Para alem da participação em torneios de futebol e de ténis de mesa, há ainda a registar o envolvimento ocasional em passeios de cic1oturismo.
Nos projectos a desenvolver a médio prazo pela actual Direcção na área do trabalho cultural, contam-se entre outros: a recuperação do Rancho Folclórico e também do Grupo de Teatro. Uma complementaridade que confere uma melhor identidade de expressão a qualquer colectividade.


Fonte

V Grande Prémio de Atletismo em 4 de Junho 2006
 
Grupo de Musica Popular Quatro Ventos
Contactos - 966774681 / 966254810
 
 
 
 
Comissão da Capela do Casal do Queijo
 
 
 
Centro Cultural Desportivo e Recreativo dos Foitos

Foi fundado em 12 de Outubro 1995

Actualmente a sua sede funciona na antiga Escola Primaria do Lugar.


Pratica há alguns anos o Cicloturismo.
Iagem retirada do Livro Louriçal Imagens da Freguesia de 2005
 
Associação Cultural Desportiva Recreativa de Casal da Rola
 

Esta instituição foi criada em 1998, mas só a partir de 2006 é que começou a ganhar fulgor.
Tem como missão promover a cultura, lazer e a prática desportiva a todos os associados e população.

Tem cerca de 150 sócios
Tem no seu historial alguns prémios conquistados, entre os quais, o da das Louriçaliadas 98
Realiza ao longo do ano, para alem da Festa dos Jovens em Setembro, outras actividades (a divulgar em breve) .


Site Provisório

 

 
 
Clube Caçadores do Louriçal
Existe desde 1987

Conta com com mais de 170 sócios
 
 
 

Google
 
Web www.concelhodepombal.com
Artista Suzy, Cantora, Espectáculos, Festas, Artista para espectáculos, Cantora Portuguesa, Artista Portuguesa, musica portuguesa, espectáculos, artistas, cantores, cantoras, Cantora para festas, musique portugaise, portuguese music
© 2005 - 2009 www.abelhamedia.com